quarta-feira, 17 de março de 2010

MUNDIAL DESCONHECE DENÚNCIAS

MUNDIAL DESCONHECE DENÚNCIAS Apóstolo diz desconhecer pastores pegos com fuzis no MS Por: Redação Creio O líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, apóstolo Valdemiro Santiago, comentou a prisão dos três pastores, detidos no Mato Grosso do Sul (MS) pela Polícia Rodoviária Federal, na quarta-feira, 10. O trio foi pego com sete fuzis M-15, de fabricação americana, que seriam distribuídos em morros do Rio de Janeiro, e os três pastores iam ganhar 20 mil reais pelo serviço. Santiago disse não conhecer os três servos de Deus, que ao serem intercepatados pela PRF logo se identificaram com pastores da Igreja Mundial do Poder de Deus no estado do MS. "Tomara que sejam frequentadores da igreja e cadeia neles. Comentam só porque são da igreja, mas eu conheço funcionário da Globo que cometeu crime, e o que você tem a ver com isso? a Igreja tem o que a ver com isso?. A Igreja Mundial é a que mais recupera criminoso, isso vai render, vamos orar", disse o apóstolo. Assista ao vídeo do apóstolo fazendo declaração ao TV Globo,
video

ASSEMBLÉIA DE DEUS CONTA AS HORAS


ASSEMBLÉIA DE DEUS CONTA AS HORAS

Jantar dos 70 anos da CPAD marcou inicio da contagem para centenário

Por: Enviado especial: Celso de Carvalho - Redação Creio


Nos dias 12 e 13 de março de 2010 foi realizada no Centro de Convenções Sul América no Rio de Janeiro, a comemoração dos 70 Anos da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD). O jantar e o culto solene iniciaram a contagem regressiva para o centenário da denominação em 2011. No dia 13 a celebração reuniu 2,5 mil pessoas no mesmo local.

No dia 12, sexta-feira, o jantar de confraternização reuniu pastores e dirigentes da CPAD. A Casa Publicadora, fundada em 1930, na primeira Convenção Geral da denominação em Natal (RN), começou na redação do jornal Mensageiro da Paz. Com a expansão da denominação, a primeira sede construída em Benfica, logo foi transferida para Vicente de Carvalho, onde ficou 22 anos e por fim para Bangu, onde funciona até hoje. “Quando cheguei na CPAD era apenas um rolo de papel e galpão, hoje é uma super potência”, lembrou o pastor Custódio Rangel, que foi presidente da Casa Publicadora entre 1974 a 1985.

Para lembrar o passo a passo da Casa foi organizada no hall do Centro de Convenções uma exposição com 32 painéis com mensagens e projetos. A curadoria foi do Centro de Estudos do Movimento Pentecostal. “Nosso acerto depende muito da doação das pessoas e retrata parte de um sonho”, frisa Isael de Araújo, autor do livro Dicionário do Movimento Pentecostal. Esta exposição deverá acompanhar os eventos do centenário da CPAD pelo Brasil.

O pastor presidente da Convenção Geral das Assembléias de Deus, José Wellington Bezerra da Costa, ao ver as fotos se emocionou ao lembrar a história da empresa. “Isso daqui reflete 70 anos de trabalho contínuo. Muitas são as vitórias do Senhro”, repetiu. O diretor executivo da CPAD, Ronaldo Rodrigues de Souza, foi outro que não conteve a emoção ao perceber como a empresa está enraizada na vida de todo assembleiano com produtos, principalmente na área de Escola Bíblica Dominical. “Momento de alegria e sem palavras para agradecer”, falou. Durante o jantar foi apresentada a Comissão Nacional do Centenário das Assembleias de Deus, além da apresentação dos eventos já realizados e da agenda até 2011. O coral composto por funcionários da CPAD cantou hinos da Harpa Cristã. Ao todo 135 funcionários, colaboradores foram homenageados.

A EBF Eventos, que edita a Revista Igreja, Consumidor Cristão, além do portal Creio e a Anle ( Associação Nacional de Livreiros Cristãos) entregaram a direção da CPAD uma placa comemorativa. “ A chama pentecostal se mantém acesa com produtos de qualidade que a CPAD apresenta”, fala José Nogueira, presidente da Anle que ao lado de Eduardo Berzin, da EBF, não pouparam elogios ao trabalho da editora.

Jeziel Damasceno, da Patmos Music, representante do Comitê do Centenário, lembrou que há quatro anos umas séries de eventos estão sendo organizados, por diversas regiões do país, para celebrar o inicio de trabalho de Daniel Berg e Gunnar Vingren. “De norte a sul o país vai celebrar a conquista destes missionários”. Segundo ele a celebração entra na reta final com grandes concentrações na região sudeste. Em novembro já está marcado uma programação no Maracananzinho, no Rio e em julho uma conferência pentecostal. E em 2011 a programação será encerrada com um evento na AD do Belenzinho.